Planejamento

O que você quer?

Eu tenho postergado começar o meu planejamento de aulas, mas tenho um bom motivo, estou com um bebê em casa de quase três meses. Contudo na semana que vem eu volto a dar aula e ainda tenho uma entrevista com um aluno para aula particular, e pensando no meu roteiro para esse primeiro encontro que sempre antecede o início das aulas eu fiquei pensando sobre se sabemos o que realmente queremos. É fácil para você estabelecer os seus objetivos? Podem ser os pessoais, mas o de cada aula a ser dada também. Você consegue claramente saber aonde tem que chegar quando aquela aula terminar?

No primeiro encontro eu explico como eu costumo trabalhar, mas eu preciso de uma informação que vai ser determinante não só para o aluno gostar das minhas aulas mas, mais importante ainda, para que ele de fato se veja crescendo e evoluindo no seu aprendizado. Ele precisa me dizer o que quer. Ele precisa saber aonde quer chegar e em quanto tempo gostaria de atingir esse objetivo. Assim eu posso avaliar e dizer a ele se acredito ser possível e qual será a parte de cada um nessa jornada.

E sim, acredito que você consegue fazer a conexão entre essa entrevista, saber onde queremos chegar e o meu aluno. Mas e como professores ou profissionais atuando em ELT? Você se pergunta aonde quer chegar? Você sabe e tem um plano para atingir seus objetivos? Eles têm prazos? Sim, são muitas perguntas, mas todas pertinentes e necessárias para que não nos percamos no caminho com coisas menos importantes. É importante para não perdermos o foco.

Eu vou encerrar este post para começar o meu planejamento de aulas do bimestre, mas antes disso quero deixar registrado aqui aonde eu quero chegar. Como professora de inglês eu quero poder dar aulas e ter tempo para cuidar bem da minha família que acabou de ficar um pouco maior. Quero criar atividades e produtos e usá-los no meu dia a dia, com pensamento crítico e ajustes sempre que necessário. Quero tirar meu último certificado de proficiência até o fim de 2020. Quero que meus alunos se divirtam, se sintam ouvidos e que terminem o tempo de aprendizado comigo um pouco mais a frente de onde começaram. Que eles saibam que o importante é estar melhor do que estavam antes. O conhecimento deles é a única comparação que pode ser feita para ter noção de como melhoraram. Se quiser acompanhar nos procure lá no instagram @_connectingthedots_. E você? O que você quer?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *