Objetivo SMART

Quando vamos conversar sobre os seus objetivos como aluno, geralmente eu ouço: ser fluente ou falar bem. E embora estas coisas sejam boas expectativas, elas estão longe de serem objetivos. Aprendi há alguns anos com um professor inglês (hi James) esse jeito de organizar um objetivo e acredito que ele pode ser muito útil para poder te ajudar a desenhar um plano de estudos possível e mais importante, te proporcionar uma forma de daqui a alguns meses olhar pra trás e conseguir visualizar o quão perto você está de atingir a sua meta. Vamos ao passo a passo? Lembrando que o planejamento é um norte, não um compromisso a ser seguido sem exceções, com rigor ao invés de alguma flexibilidade.

S – Specific (o objetivo deve ser específico)

Ser fluente ou falar bem são conceitos muito amplos. Quem sabe se você decidir que quer: conversar sobre moda com alguém, conseguir perguntar sobre um ponto turístico em uma viagem e chegar até o local, ou ler e fazer uma receita em inglês seja mais fácil perceber quando chegar lá? Parece bem possível, né não?

M – Measurable (o objetivo deve ser mensurável)

Complementando o passo anterior, você deve conseguir medir o seu objetivo. Como saberá que chegou lá? Quantas páginas quer conseguir ler? Por quanto tempo conversar com alguém? Quais refeições pedir em um restaurante? Escolha algo que possa ser medido e estamos quase na metade do caminho.

A – Achievable (o objetivo deve ser atingível)

Precisamos colocar os pés no chão e sermos bem honestos quanto ao tempo disponível que você tem para estudar, sua possibilidade de fazer acompanhamento com professor particular, seu acesso a bons recursos. Não adianta ter um objetivo lindo e super complexo que não sairá do papel para a vida real, né?

R – Realistic (o objetivo deve ser realista)

Você não estuda há uns bons anos e quer fazer a prova mais elaborada de proficiência em seis meses? Parece razoável este objetivo? Eu entendo que às vezes precisamos correr atrás do tempo perdido, mas vai por mim: pensar em uma meta realista, mesmo que um pouco ousada, pode te deixar mais animado e focado do que tentar recuperar um tempo que passou e realizar metas surreais.

T – Timebound (o objetivo deve ter um prazo)

Até quando você pode estudar e se esforçar para atingir este objetivo? Ter uma data para concluir o objetivo vai te ajudar a pensar em pequenos passos que podem ser seguidos e também vai te motivar a correr atrás quando estiver começando a perder a motivação. Seja razoável e lembre-se do passo A e R.

SMART em inglês significa esperto, inteligente. Eu acredito que seguindo estes passos, você vai se sentir mais seguro emocionalmente e verá com mais frequência como tem progredido e quão próximo está de atingir seu objetivo. E quando chegar lá, é só criar outro 😀

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *